Artigos

A artroplastia de quadril é uma cirurgia feita com o objetivo de substituir a articulação do quadril por um modelo mecânico, popularmente chamado de “prótese do quadril”. Ela irá reproduzir a função articular da região. Este tipo de cirurgia exige cuidados na sua recuperação.

Ao sair do hospital, a recomendação é:

  • Não cruzar a perna operada sobre a outra;
  • Não dobrar a perna operada em um ângulo maior que 90º;
  • Evitar apoiar todo o peso na perna operada;
  • Manter a perna com a prótese esticada, sempre que possível.

Na fase inicial, é importante repousar com a perna elevada algumas horas durante o dia. Evite sentar em sofás ou poltronas muito moles e baixas. Durante este período, a locomoção será feita em cadeira de rodas, por isso é importante retirar do caminho objetos que possam atrapalhar o ir e vir. Mesmo com a medicação passada pelo médico ortopedista, não é necessário parar de tomar outros medicamentos de uso diário. 

A alimentação também será adaptada: o paciente deverá fazer uma dieta baseada em alimentos mais leves e com baixo teor de sal. Alimentos industrializados, embutidos e enlatados devem ser evitados. Também é importante comer alimentos cozidos, para evitar o risco de distúrbios intestinais e contaminações. A dieta deve ser balanceada, evitando o excesso de peso que pode sobrecarregar a prótese.

O lugar da operação deve ser lavado com água e sabão diariamente, e depois limpo e coberto com gaze: isso evitará infecções. Se notar líquido ou secreção na ferida, calor, vermelhidão, ou febre, procure imediatamente o pronto-socorro.

A fisioterapia também será uma grande aliada para a recuperação da região: procure seguir as orientações do fisioterapeuta, seja nas sessões de fisioterapia, ou em casa. Durante o dia é importante permanecer sentado, apoiando o pé no chão.

Os retornos com o médico também não devem ser perdidos, já que o profissional irá avaliar como está a progressão da cirurgia. Ele é quem determinará quando será a hora de voltar a andar, primeiro com o andador, e depois com outros tipos de órteses, até que se possa voltar a caminhar sem ajuda.

Lembre-se de não exagerar, já que a prótese tem a função de garantir mais mobilidade, e menos dor, mas nunca com a mesma capacidade de um corpo sadio. Por isso, faça suas atividades sem forçar o quadril operado.

Possui dúvidas sobre o assunto? Entre em contato ou agende sua consulta! 
(11) 3667-6132