Artigos

Cerca de 1,6 milhão de pessoas sofrem fraturas no quadril anualmente e estima-se que, até 2050, esse número subirá para 6,3 milhões. Para uma pessoa idosa, uma fratura no quadril é tão grave que pode levar ao óbito.

O fortalecimento do quadril é essencial para evitar lesões na região e, inclusive, em outras partes do corpo, como joelhos, tornozelos e região lombar.

O quadril é uma região importante de sustentação do corpo e que recebe carga durante a prática esportiva, podendo se lesionar. Conheça as modalidades que podem gerar o aparecimento de lesões no quadril.

A terceira idade deixou de ser um tabu. Hoje em dia é possível viver mais e melhor, graças aos avanços da medicina e das formas de tratamento. Por isso, a atividade física e o acompanhamento regular junto a um profissional de medicina são essenciais para um envelhecimento saudável.

Apesar de terem sintomas parecidos, a tendinite e bursite no quadril atingem partes diferentes da região e precisam de tratamentos distintos.

Pouco conhecida, a osteopenia é uma condição que funciona como alerta para a osteoporose. Em muitos casos, o tratamento correto ajuda a evitar que o quadro evolua para osteoporose, proporcionando mais qualidade de vida ao paciente.